Mega Man Fully Charged está fora da grade do Cartoon Network - e aparentemente, ninguém se importa




     Essa não é uma notícia particularmente nova, mas ainda é relevante, principalmente por ser um fato tão pouco alardeado. A animação Mega Man Fully Charged, que até então era exibida no Cartoon Network, foi sumariamente removida da grade do canal. Ainda é possível assisti-la no site dos mesmos, mas não há nenhuma informação sobre um novo horário, ou se sequer haverá um. Ou seja, temos uma animação em andamento, com produtos derivados a caminho, sem local para ser exibida, e aparentemente ninguém se importa com isso. E eu questiono: como?

Eis o Mega Man que tem recebido - merecidamente - a atenção

     Não que Mega Man esteja em maus lençóis. Tivemos o lançamento de Mega Man 11, jogo recebido de maneira acalorada e tem sido sucesso tanto de crítica quanto de público. E bem, é um jogo em uma franquia de jogos. Mas uma animação, mesmo que seja um produto secundário, não deixa de ser um produto relevante. Mas isso não justifica toda essa desatenção. A HQ da Archie Comics - que acabou por ser cancelada por baixa lucratividade - era um produto que recebia bastante atenção do fandom e as vezes alcançava pessoas de fora dessa bolha. Como forma de manter os fãs ocupados e de trazer algum público para a série, ela funcionou. Por outro lado, Fully Charged não tem atraído atenção nem de maneira negativa. Sem fãs, sem "haters", sem canal de exibição. O que deu tão errado?


Eis o "Mega Man" vendido por Fully Charged,
e não há nenhum jogo com ele

     É difícil afirmar com certeza, mas é possível especular. O Cartoon Network tende a ignorar animações que não são de sua autoria, e em uma série de episódios curtos como Fully Charged isso pode ser fatal para que ela passe em branco. A falta de uma linha de brinquedos lançada de maneira simultânea também não ajuda. Sem eles, o único produto que Fully Charged teoricamente venderia são os jogos, e tal animação é péssima nisso. Ela é nitidamente Mega Man, mas não é nenhum Mega Man em específico, justamente no momento em que a série acaba de ganhar um novo jogo. Logo, temos uma animação que não liga seu parco público aos jogos, assim como também não faz o contrário. Não é questão de ser boa ou não, mas de ter se distanciado demais do que Mega Man tem a venda. Fully Charged vende um Mega Man que não existe fora de si mesmo. Difícil terminar de maneira diferente. Mas você, leitor, já assistiu a animação, ou segue indiferente? O que pensa dessa situação de "apagamento"? 

     Fonte: Rockman Corner
Share on Google Plus
    Blogger Comment

2 Comentários:

  1. nunca assisti, mas o conceito inicial nunca gostei, e isso não me atraiu

    ResponderExcluir
  2. Bom dia, amigo. Sei que não tem em comum com o post, a não ser o fato de ser uma action figure do megaman.
    A matéria sobre a hoobylink que vi no site ainda se aplica hoje em outubro de 2018?

    ResponderExcluir