Myth-Buster #3 - Cataclisma

Juro que me pergunto como tem gente que acha isso uma boa ideia...

     O "cataclisma" é provavelmente a teoria mais difundida sobre Mega Man, chegando ao ponto de ser conhecida por boa parte dos jogadores menos ligados ao fandom mais hardcore da série. É uma teoria aceita por muitos (o que não implica a sua veracidade), a ponto de grandes portais já terem o citado em algum momento. Há até parte do público cobrando da Capcom que ele seja oficializado. Porém, antes de dizer se ele é um mito ou não, temos que entender do que ele se trata. O cataclisma surgiu primeiro como uma web-comic feita por Bob & George, que narra um suposto final da série clássica, no qual Zero  é despertado e mata a maior parte do elenco da série clássica. Porém, a teoria cresceu a ponto de muitos nem ao menos conhecerem essa origem, e acreditarem que ela surgiu de algum material oficial, ou foi concebida em fóruns e debates. Se o analisarmos friamente, veremos que o cataclisma seria uma espécie de  "Deus ex machina", no qual Zero - que nunca participara ativamente da série clássica até então - surgiria e sozinho resolveria o "problema" da ligação entre a série clássicas e X. Ou seja, seria uma tentativa de encontrar uma ligação para preencher as lacunas das séries clássica e X com um grande evento apocalíptico. Mas antes de nos aprofundarmos mais, tenhamos algumas coisas em mente: 



     - Se você tem uma tese, cabe a você comprová-la, não aos outros desmenti-la que sem que você tenha dado alguma prova antes. O nome disso é "Falácia da inversão do ônus da prova"

     - O fato dos criadores dos jogos não terem desmentido algo sobre a série não torna isso automaticamente verdade. Dizer que algo é verdade por que o Inafune ou a Capcom nunca negaram diretamente,  mesmo não havendo provas que confirmem a tese - inclusive se os jogos indicarem o contrário - é uma falácia. O nome dela é "argumentun ad ignorantiam", ou em português "falácia do apelo a ignorância"

     - É preciso ter em mente que suas projeções ou desejos quanto aos rumos de Mega Man não são necessariamente o melhor caminho para a série. Querer que coisa "A" aconteça ou que coisa "B" seja explicada é algo normal, mas nem sempre é uma necessidade da série ou tampouco é viável. Não veja furos onde não existem.


Keiji Inafune foi o criador de Zero. Teria ele criado o cataclisma?
         A primeira coisa a se analisar, e talvez a mais importante de todas, é o que o homem por trás da série tem a dizer sobre esse assunto. Em entrevistas como a feita pelo fórum Capcom-Unity, Keiji Inafune deixou bem claro que o cataclísma nunca aconteceu. Ao ser questionado sobre a possibilidade de Zero ter matado os personagens da série clássica, ele respondeu: "Não, Zero não os matou. De acordo com a forma como eu o criei, Zero não é o tipo de pessoa que faria isso. Isso não está de acordo com o seu perfil". Mais claro que isso, impossível. Zero, mesmo com seu background trágico, foi feito para ser uma figura heroica. Oras, como criar algum tipo de empatia com aquele que simplesmente assassinou os heróis da série e lhes roubou seu posto cem anos depois?  Tente imaginar algo assim em qualquer outra série além de Mega Man  e veja se faz sentido. Não faz, e seria necessário um malabarismo narrativo gigantesco para tentar disfarçar o quão forçado isso seria. Complementando a declaração de Inafune, a Inti Creates também já esclareceu que Zero nunca foi ativado antes do período em que se passa a série X, e que Wily nunca o terminou totalmente, já que ele era instável demais.
Se observarmos bem, veremos que no primeiro Mega Man X, Zero não tem muitos dos detalhes que foram incluídos posteriormente em Mega Man X2, após Serges tê-lo reconstruído. Isso sugere que a construção de Zero muito provavelmente não foi concluída por Dr. Wily, e a imagem da silhueta de Zero (imagem ao lado) - que está em sua forma completa, igual Serges o reconstruiu - vista em Mega Man 2: The Power Fighters só corrobora  isso. Mas ainda temos mais informações curiosas relacionadas a declarações oficiais. Inafune certa vez declarou não gostar de Super Adventure Rockman (Playstation/Saturn), e um dos motivos disso é a possibilidade  (e prestem atenção, ele disse possibilidade, e não certeza) da Roll morrer caso o jogador não fizesse as escolhas certas. Na visão dele, esse tipo de situação seria pessimista demais para uma história infantil, e a série clássica foi feita para ter um tom mais positivo. Se só a possibilidade dela morrer em uma side-storie/spin-off já o incomoda, imaginem então matá-la no final da série de maneira definitiva? E isso porque é só a Roll, imaginem matar o próprio Mega Man, Proto Man e os outros? Isso já bastaria para desconsiderar o cataclisma por completo, mas visto o tamanho de sua aceitação, é interessante analisá-lo ainda mais para desconstruí-lo por completo.

Super Adventure Rockman

     Há quem contra-argumente que por Inafune não estar mais na Capcom, tais informações já não são mais válidas. Só que essa lógica é um tanto falaciosa. Fazendo uma comparação, a série Mega Man Zero foi criada pela Inti Creates a mando da Capcom, e mesmo que o contrato entre ambas tenha se encerrado, a série Zero não foi desconsiderada. Muito pelo contrário, pois independente das relações entre a Inti Creates e a Capcom, Mega Man Zero foi publicado com caráter de oficialidade. Ou seja, tudo que a Inti Creates fez em Mega Man Zero foi autorizado e considerado previamente pela Capcom.
Se a Marvel seguisse essa lógica, seu universo
nunca teria sido criado, já que muitos de seus
autores saíram dela após concluírem
seus trabalhos

Na verdade, muitos dos funcionários da Capcom que trabalharam em Mega Man já não estão mais trabalhando para ela, o que de acordo com essa linha de raciocínio, faria com que toda a série fosse desconsiderada. O mesmo vale para o Inafune.  Quem argumenta que a opinião dele não vale mais por ele ter saído da Capcom, ou que suas falas não tem valor pois a "opinião" da Capcom pode ser diferente da dele, ignora que a própria Capcom permitiu que Inafune desse tais declarações. Ele as fez como funcionário da Capcom (e ele não era um membro qualquer lá dentro), portanto o que ele disse se torna por tabela a posição oficial da empresa. Obviamente, agora que ele não trabalha mais lá, ele não tem mais poder de inserir novas informações na série, porém, seus relatos ainda valem já que na prática eles esclarecem aquilo que ele mesmo criou. Ou seja, o que ele disse sobre o cataclísma continua valendo. Independente do que a Capcom faz, o idealizador e peça chave da franquia por anos foi ele, e mesmo fora da Capcom, os jogos onde ele trabalhou não deixaram de ser obras dele, e enquanto funcionário ele não criou o cataclisma. Ponto. 


Seguindo essa mesma lógica, as trilhas sonoras compostas pela
Manami Matsumae também não são mais oficiais, já que ela
não trabalha mais com a Capcom

     Mas agora que Inafune não está mais na Capcom, ela tem os direitos legais para criar o cataclisma hoje, não? Tem, mas se o fizesse, estaria alterando o enredo que foi construído por todos que já passaram pela franquia previamente. Seria um retcon que simplesmente não daria certo. Eu não compraria essa ideia, mas entendo quem fizesse o contrário. Mas dizer que ela pode e portanto afirmar que o cataclísma é uma possibilidade concreta não é um bom argumento. É óbvio que ela tem permissão legal para fazer quase qualquer coisa com suas franquias, mas não necessariamente ela fará. As chances da Capcom criar o cataclisma hoje são as mesmas de fazer uma versão pornô da série. Se acha que algo assim nunca foi feito com outra franquia, vejam o que aconteceu com Valis. Em momentos de crise, empresas tomam medidas absurdas. Mas nem por isso dizer que Mega Man tem grandes chances de virar
Mesmo o destino de Valis faz mais sentido
 que o Cataclisma
uma série pornô faria sentido. A Capcom sempre se esquivou de responder totalmente sobre a ligação das duas séries, justamente por saber que as pessoas discutirem sobre isso ajuda a manter o interesse em Mega Man. Junte isso ao fato do Inafune ter pensado as duas séries como entidades separadas, e não só o cataclisma, como a possibilidade das duas séries se ligarem mais diretamente cai por terra. Porém, é provável que ela venha a criar uma explicação devido ao enorme interesse no assunto, mas o cataclisma difícilmente será o final escolhido. E há bons motivos para isso. Imagine um fã de Mega Man clássico, que nunca deu muita atenção as outras sub-séries. Pensem qual seria a reação desse fã caso Zero de fato matasse os personagens da série clássica. Seria rejeição. E essa rejeição tem tudo para se refletir em vendas. O cataclisma afasta um público que ainda compra jogos (é só ver que Mega Man 9, 10, e os jogos do Virtual Console vendem bem) e inviabiliza comercialmente a série clássica. Nem do ponto de vista comercial essa teoria se mostra uma boa ideia. 

     
Odeiem Mega Man 9 a vontade, mas isso não vai mudar o 
fato de que o público dele compra os jogos. Acham que a Capcom 
perderia esse público por causa de teorias obscurantistas?

Sigma vs 'Maverick misterioso"
     Porém, compremos esse argumento apenas para fins de dialética. Imaginemos que a Capcom resolveu inserir o cataclísma devido a pressão dos fãs. Dr. Wily ativou o Zero, e o mesmo vai enfrentar Mega Man da forma que a teoria diz. Supondo que ele tenha conseguido matar o maior herói daquele mundo (porque de fato é isso que Mega Man é, e certamente ele era conhecido em TODO o mundo por ter derrotado o Wily várias vezes),como ele seria um total desconhecido no período da série X? E podem prestar atenção, ninguém no período da série X sabia exatamente a origem de Zero, quem mais se aproximava disso era Sigma, e só após ser infectado pelo vírus maverick. Em Mega Man X4, por exemplo, os Maverick
Se o Cataclísma aconteceu, X
 provavelmente também teria sido
 destruído. Isso se ele
chegasse a ser construído
Hunters se referiam a Zero como "maverick misterioso" em suas primeiras aparições. A idéia de que não haveria nenhum registro sobre ele após ter feito algo como o cataclísma (ainda mais se seguirmos seu roteiro original) é improvável demais. Não é como se fosse possível derrotar alguém tão famoso e permanecer no anonimato. O outro ponto é, se ele

realmente derrotou esses robôs, porque não fez o mesmo com o Dr. Light? Assim ele não poderia reconstruir seus robôs, e também não poderia construir X e suas armaduras. Supondo que X já estivesse pronto, porque Zero não procurou destruí-lo também? E antes que alguém diga que X o impediu ou algo assim, não se esqueçam, X ficou cem anos encapsulado, despertando apenas quando Dr. Cain o encontrou, logo ele também não participou de nenhum evento nesse meio tempo. E o mais gritante: o que impediu Zero de destruir o mundo? Ou ao menos de fazer um estrago grande o suficiente para ser lembrado na série X? De fato, se Rockman e companhia fossem destruídos por Zero, não haveria nada capaz de pará-lo. O cataclísma depende de outras teorias que o justifiquem para que ele faça algum sentido, e se ficarmos criando teorias para corroborar teorias, entraremos em um loop infinito de especulações que se distancia cada vez mais dos jogos a cada tentativa de justificativa. 



                                                            Zero em Mega Man X4


     Outra coisa que parece estranha é a certeza que alguns depositam de que se uma luta assim acontecesse, Zero a ganharia sem maiores problemas. Levanto em conta que ele tem ao menos três mortes ao longo da série, fica fácil perceber que ele está longe de ser indestrutível, por mais que seja mais forte e mais avançado que os robôs da série clássica. Levando em conta que Bass é baseado em Mega Man, que Zero é baseado em Bass - mesmo que não compartilhem do mesmo projeto, e que Mega Man venceu Bass, me pergunto porque Zero não poderia ser derrotado por Bass, seguindo a mesma lógica. Mas essa batalha não seria apenas entre eles, Zero teria que derrotar, talvez até juntos, Mega Man, Bass, Proto Man, os bosses de Mega Man 9 (que voltaram ao “lado do bem” no final do jogo), e provavelmente os do 1, isso sem contar com outros personagens que poderiam aparecer como o Duo, os robôs do Dr. Cosack, King e até os bosses de Mega Man
Zero invencível? Conheço alguém que discorda...
6. Convenhamos, Zero até poderia derrotá-los, mas dizer com certeza absoluta é transformá-lo em um ser onipotente. E antes que usem o argumento da tecnologia superior do Zero, os Star Droids também tinham uma tecnologia superior, e ainda sim foram derrotados por Mega Man. Zero é mais avançado que Sunstar? Sunstar era praticamente uma “máquina do apocalipse” de uma civilização mais avançada que a nossa, e isso não impediu Rock de derrotá-lo. Que Zero é mais forte que Rock é inegável, mas enquanto Mega Man derrotou Sunstar, Zero morreu para uma Ride Armor. Se Zero é mais forte que Sunstar? É muito provável que sim, mas também não fica claro se ele está nesse nível de força. Em uma série onde o protagonismo se fez forte, força bruta não garante vitória. Inclusive, mesmo o corpo original de Zero foi derrotado por sua “cópia” em Mega Man Zero 3. Ou seja, Zero não é infalível. Por mais que ele seja mais forte que Rock e companhia, no estado que ele se encontrava ao ser criado, é questionável se ele era mais forte que eles em conjunto. Não se esqueçam, ele era instável. Da mesma forma que ele perdeu o controle lutando contra Sigma, ele poderia ter perdido o controle contra os personagens da série clássica. Mesmo que houvesse um conflito entre eles, ainda não há uma garantia de que Zero venceria.
Zero é extremamente poderoso, mas seria ele capaz de derrotar 
os vários robot-masters viventes em 20XX? Não se esqueçam,
 Zero era defeituoso e possivelmente incompleto, dificilmente ele 
ganharia uma luta contra todos de uma vez
     
     Mas se as palavras do Inafune, a linha do tempo da série e o equilíbrio de força dos personagens não são argumentos o suficientes, vamos ter que apelar para própria lógica de produção dos jogos, e a forma como eles foram vendidos para o seu público-alvo. Mega Man X foi criado como uma sub-série da marca Mega Man, de modo que a Capcom pudesse continuar produzindo jogos e incluir elementos que destoassem dos seis primeiros Mega Man, mas sem prejudicá-los. Seria como se a partir dali, eles quisessem adequar Mega Man as demandas das novas plataformas, mas sem prejudicar o que já estava estabelecido. Ou seja, da maneira como essas séries foram feitas, elas coexistiam como histórias distintas, mesmo que dentro de um mesmo universo. E isso ajuda ambas séries, tanto do ponto de vista comercial, quanto do criativo. Fazer com que
Não se enganem, a Capcom não fazia esses
jogos para o público adulto. E algo como o
 cataclisma simplesmente não se encaixa
em uma história para crianças 
Zero matasse os personagens quebraria essa estrutura, e faria a série X se sobrepor a clássica quase a anulando, e se o fato dela ser a série original na qual o resto da franquia usa de base já não fosse um empecilho, o fato dela ser a sub-série mais 
 bem sucedida comercialmente  já bastaria para que tal ideia fosse dada como no mínimo inviável.  O jogo mais vendido da franquia é Mega Man 2, a série clássica é a que mais possui títulos lançados, ela já ganhou várias HQs ao longo do tempo, e por possuir uma história simples e episódica, ela é a mais vendável a um público mais casual. Independente de gostos ou qualidade, a série clássica é a que carrega o nome e o espírito original da franquia, enquanto as outras são derivações de seus conceitos. E se tudo isso não bastasse, resta apelar para aquela que é o principal alicerce comercial da série para deixar claro o quanto isso seria loucura: Mega Man é, para todos os efeitos, uma história infantil, com vários elementos de histórias  de super-heróis, de animes de mecha e shonens. É claro, ela não é apenas isso, sua jogabilidade veloz, somado ao carisma de seus personagens e de sua história o fizeram ter apelo quase global, assim como os elementos mais maduros e conceitos diferentes que foram inclusos por cada sub-série tornaram Mega Man uma franquia bem ampla, mas isso ainda não anula quem é o público original de Mega Man. Agora me diga, em que história do tipo, o herói morreria de forma tão patética só porque cem anos no futuro haveria um novo herói? Isso me faz pensar que quem acredita nessas teorias não gosta de Mega Man clássico, ou se tornou cego pelo fanatismo por Mega Man X, ou por Zero. O cataclísma seria na prática uma tentativa de destruir a série clássica para tentar criar um background mais trágico para a série X, coisa que a bem da verdade ela não precisa. 


Zero é um heró trágico em uma jornada 
de redenção. Seu background já é trágico
 o suficiente, a insistência de alguns em
 tentar forçar o cataclisma da a impressão
 de que no fundo eles não acreditam 
na força do personagem que dizem ser fãs


Quint: um futuro para a série clássica mais 
coerente que o cataclisma
     Agora, olhemos por outro lado. Que outras evidências temos sobre o que aconteceu com os personagens da série clássica? Há um jogo que mostra um possível destino para os personagens da série clássica. Mega Man II (Rockman World 2) de Gameboy lida com o conceito de viagem no tempo, e essas viagens nos revelam que o futuro da série clássica seria pacífico, e Mega Man teria sido transformado em um robô de "uso civil". Justamente por Wily viajar e interferir nesse futuro, é impossível saber se ele deu origem a outra linha temporal, ou se esse ainda é o destino final da série clássica. Ou seja, mesmo que incerto, um futuro pacífico para os personagens da série clássica ainda é algo mais provável que o cataclisma. Há mais informações em outros jogos. Nas versões de PS1 e Sega Saturn de Mega Man X3, ao escolhermos a fase de Volt Catfish, podemos ver o personagem Auto, de Mega Man clássico em um dos cenários, ativo e operante. Isso pode ter sido apenas um easter egg (e provavelmente foi), ou até mesmo um erro dos animadores dessas cenas, mas já é uma evidencia maior de que os personagens podem estar vivos do que qualquer outra sobre o cataclísma. E não foi a única vez onde algo assim
Esboços não usados de Mega Man X
 Command Mission
aconteceu. No jogo Mega Man X: Command Mission (PS2/Gamecube), foram criadas artes para o Mega Man original, indicando que ele era pensado para aparecer no jogo. 
Como isso aconteceria e qual seria a explicação para isso não se sabe (inclusive, mesmo essa arte não garante que ele de fato foi apareceria no jogo, pode ter sido algo feito apenas como teste), mas já é um indício de que ele poderia estar vivo naquele mundo. . É claro, temos que tentar levar em conta que Command Mission foi pensado como um spin-off, mas não deixa de ser um conteúdo oficial corroborando uma outra possibilidade além do cataclisma. Mas não deixa de ser engraçado como uma hipótese como a de que Mega Man, Auto e etc estejam vivos tem mais evidências do que o cataclisma em si. Não que seja muito provável que eles viveram até 21XX, mas já é algo mais concreto que Zero ter matado Mega Man e companhia.  

                                        Pausem o vídeo aos 11 segundos e tenham uma surpresa

     Outra coisa que muitos parecem ignorar, é que se o cataclisma fosse real, não haveria porque a Capcom escondê-lo. A ideia de que ela criou um evento final para a série clássica, com um nível de complexidade (ou que ao menos tenta passar essa sensação de complexidade) e violência maior do que a do resto da série, para manter tudo isso escondido, beira a teoria da conspiração. A série clássica já ganhou vários jogos, artbooks e databooks, e nenhum deles cita tais eventos. Na verdade, a cada nova informação revelada, o cataclisma se torna mais difícil de entrar no cronograma oficial da série. Acreditar que tal história obscura é real, mas que por algum motivo desconhecido a Capcom decidiu mantê-lo em segredo é o mesmo que acreditar em teoria da conspiração. Se você acredita que a Capcom está escondendo o cataclísma, é possível acreditar também nos Illuminati, aliens do passado, reptilianos e etc pela mesma "lógica". 


"O cataclísma não existe? É isso que eles querem que você acredite!"
Se você acredita que a Capcom esconde o cataclísma,
 é bom preparar o chapéu de alumínio...
     
     Ou seja, o cataclisma é improvável sob qualquer ótica que se analise. O autor da série já o desmentiu, a cronologia não permite que ele tenha acontecido, fazê-lo seria uma decisão ruim do ponto de vista comercial, ele destoaria do tom da série clássica, e ainda seria uma ferramenta de roteiro fraca que faria a série clássica ter um final terrível para agradar um público que possivelmente nem deve jogar a série clássica, tendo que apelar até para teoria da conspiração para justificar o cataclisma. Portanto, o cataclisma não só é um mito, como é provavelmente o maior mito de toda a história da franquia Mega Man. Logo, após analisar os seus principais pontos, o cataclisma pode ser considerado refutado. 


     Extras

   O cataclísma tem alguns detalhes curiosos que muitos parecem desconhecer, então vejamos alguns exemplos:


     - Em sua versão original, o cataclisma inclui os personagens de "Rockman & Forte: Challenge to the Future", de Wonderswan. Ou seja, para o cataclisma valer como explicação, teríamos antes que provar que tal jogo (que foi feito pela Bandai, e não pela Capcom) conta como oficial. 


     - Há quem especule que a aparição de Zero no jogo Mega Man Network Transmission (Gamecube) tenha sido feita como uma forma de fazer um embate - mesmo que de maneira indireta - entre Mega Man e Zero. Não chega a ser o cataclisma, tampouco há confirmação disso, mas não deixa de ser uma interpretação válida.


     - Justamente pelo seu caráter obscurantista, pouca veracidade e tom apocalíptico, o cataclisma se aproxima muito mais de uma creepypasta do que de fato uma teoria do que  algo que poderia acontecer em algum jogo


     - Na época do lançamento de Mega Man 10, houve revolta por parte de alguns fãs pelo fato do jogo não ser concluído com o cataclísma.

     Fontes:


http://www.bobandgeorge.com/comics/Cataclysm/

http://megamanfanon.wikia.com/wiki/Cataclysm


http://www.rockman-corner.com/2008/02/ending-cataclysm-theory-once-and-for.html      

http://www.rockman-corner.com/2008/05/inafunes-policy-kills-cataclysm-theory.html  

http://www.capcom-unity.com/s-kill/blog/2008/09/05/inafunesan_answers_your_questions          


http://www.rockman-corner.com/2013/02/capcom-has-plan-for-classic-to-x-series.html


http://megaman.wikia.com/wiki/Mega_Man_X:_Command_Mission

https://en.wikipedia.org/wiki/Bob_and_George


http://kobun20.interordi.com/2011/03/14/its-quintn-time/

http://kobun20.interordi.com/the-source/#cbb

http://vgsales.wikia.com/wiki/Best_selling_Capcom_games

http://megaman.wikia.com/wiki/Sunstar

http://www.capcom-unity.com/mega_man/go/thread/view/7461/26100353/how-many-times-has-zero-died?pg=2

http://www.themmnetwork.com/blog/2013/09/01/the-mega-man-networks-interview-with-keiji-inafune

http://megaman.wikia.com/wiki/Zero
Share on Google Plus
    Blogger Comment

0 Comentários:

Postar um comentário