Um guia de Mega Man para iniciantes: Por quais jogos devo começar?

     
Entre tantos jogos, por quais devo começar?
     
     Mega Man é uma franquia um tanto quanto extensa, e essa extensão pode acabar afastando jogadores pouco familiarizados com toda essa imensidão de jogos. Porém, com esse guia, indicarei alguns jogos que são bons para começar a jogar Mega Man. Mas antes, é preciso esclarecer algumas coisas. Mega Man possui sete sub séries, nas quais cinco delas consistem no universo principal onde se passa a cronologia da franquia: a série original, conhecida como série clássica, a série X, Zero, ZX e Legends. Enquanto as outras duas que sobraram possuem uma continuidade própria, separada da linha do tempo principal (Battle Network e Starforce). O foco aqui será no universo principal, e nos jogos de plataforma, já que eles é que representam o grosso da franquia, porém, uma parte 2 com os jogos de outros gêneros pode vir a ser feita algum dia, caso desejarem. Então, sem mais delongas, aqui vão algumas dicas de como começar a jogar Mega Man.

     Série clássica:

     Mega Man Powered Up (PSP)


     Começar do começo é sempre uma escolha óbvia. Porém, o primeiro Mega Man não é o melhor jogo para introduzir iniciantes na série. Graças ao seu alto nível de dificuldade e baixo polimento se comparado as suas sequências, é seguro dizer que o primeiro Mega Man envelheceu mal. Ainda vale a pena jogá-lo, mas não se você for iniciante. Nesse caso, Mega Man Powered Up é uma escolha muito melhor. Não se limitando em refazer o primeiro jogo com gráficos melhores, Mega Man Poweed Up basicamente cria uma experiência de jogo inédita partindo o primeiro Mega Man como inspiração. Seu visual é belo, e seus personagens ficaram ainda mais carismáticos em SD. Se não bastasse, o básico do enredo da série é bem apresentado aqui, e o conteúdo extra do jogo garantirá horas de diversão. 

     Mega Man 4 (NES)



     Escolher qual Mega Man representaria a era 8-bits foi difícil. Mega Man 2 seria uma boa escolha, mas seu nível de dificuldade está um pouco acima do que os jogadores médios estão acostumados. Mega Man 3 seria uma boa opção, mas ainda há alguns pequenos empecilhos nele que poderiam criar uma impressão errada. Acaba que Mega Man 4 é uma ótima introdução a série Mega Man para quem tem pouca familiaridade com o NES. O jogo já se inicia com uma cutscene mostrando a origem de Mega Man, ajudando os jogadores mais novatos a entrar no clima e a conhecer o personagem. Os gráficos do jogo são excelentes para um jogo da época, e mesmo hoje ainda ostentam certa beleza. O jogo já possui algum grau de complexidade, tanto na jogabilidade quanto no level design, mas seu desafio é satisfatório e acessível mesmo a novatos. Mega Man 4 é sem dúvidas um dos melhores jogos da franquia, assim como um excelente ponto de partida para novatos.

     Mega Man 8 (PS1/Saturn)



     Mega Man 8 não é um dos meus jogos favoritos da série Mega Man. Não que ele não seja bom, mas há outros melhores que ele na série. Porém, ele é provavelmente um dos jogos mais acessíveis de toda a série. A começar pela sua baixa dificuldade.  Mesmo uma criança não acostumada com jogos da época conseguirá jogá-lo sem mais problemas. Seus belos gráficos - provavelmente os mais coloridos da série - envelheceram maravilhosamente bem. A atmosfera do jogo é extremamente agradável e sua jogatina é excelente para relaxar após um dia cansativo. Sem contar as cutscenes animadas, que são de encher os olhos. Mega Man 8 pode não ser o melhor jogo da série, mas foi uma bela homenagem ao seu aniversário de dez anos e vem se mostrando até hoje um título atemporal. Ah, e se possível, joguem a versão de Sega Saturn. Além de uma trilha sonora superior, ela possui alguns extras interessantes. Mas na impossibilidade disso, a versão de PS1 é bem completa também.

     Série X:

     Mega Man X (SNES)


     O primeiro Mega Man X é sem dúvidas um dos jogos mais famosos da série Mega Man, e como tal, acaba sendo uma dica um tanto quanto óbvia. E assim como o primeiro Mega Man clássico, o primeiro Mega Man X também ganhou um remake. Porém, mesmo o jogo sendo interessante, é mais recomendado começar a série X pelo seu título original. Além do visual 16-bits ser mais belo que o do remake (minha opinião), o remake tem problemas quanto a sua ligação na linha do tempo da franquia. Ainda é uma possibilidade começar por ele, mas no geral, a versão de SNES entrega uma jogatina mais satisfatória. Belos gráficos, uma trilha sonora cativante e a velocidade do gameplay (e porque não citar também, o tom melodramático de seu enredo) fazem desse um jogo memorável. E fiquem tranquilos, o jogo não é tão difícil quanto alguns dizem.

     Mega Man X4 (PS1/Saturn)



     Eis aquele que, na minha opinião, é o melhor Mega Man X já lançado. Mega Man X4 absorve as evoluções de seus predecessores, as passa a limpo e as refina, criando uma experiência de jogo ainda mais completa. Ainda que, para todos os efeitos, ele foi o grande responsável por tornar Zero o personagem que ele é hoje. Sem dúvidas, um jogo icônico. Seu nível de dificuldade é moderado, mas perfeitamente acessível. Recomendo aos jogadores de primeira viagem jogarem primeiro com o X e posteriormente com o Zero, para assim terem uma experiência mais completa do jogo.

     Série ZX:

     Mega Man ZX (DS)


     Essa é uma recomendação polêmica, mas que tinha que ser feita. Isso porque Mega Man ZX é provavelmente o jogo mais bem sucedido a tentar atualizar a fórmula básica da série Mega Man, mesmo que a maior parte das pessoas nunca reconheça isso. Ainda temos oito fases a serem escolhidas, mas ao invés de acessa-las através um menu, as fases se encontram todas interligadas compondo um overworld bem extenso para um jogo de plataforma. Ou seja, ele é um bom Mega Man que aprendeu bem a lição de casa de Castlevania e Metroid. Entre outros pontos positivos, o jogo possui uma das trilhas sonoras mais divertidas da série (o tema da Area-A nunca desgrudou da minha mente), designs  inventivos, jogabilidade rápida, mas com muito conteúdo a ser descoberto pelo jogador. Além disso, os Biometal são um dos sistemas de armas mais interessante de toda a franquia.

     Menção honrosa:

     Azure Striker Gunvolt (3DS/PC)
  


     Criado pela Inti Creates (Mega Man Zero/ Mega Man ZX), Gunvolt é um dos jogos mais "Mega Man" já feitos, mesmo que ele não seja realmente parte da série Mega Man. Seu visual é semelhante ao de um jogo de Nintendo DS, dando a ele um certo charme retro, mas na verdade, vejo muito mais modernidade em seu visual estilizado do que algo feito para ser retro. E isso é bom, pois acaba por ser mais atrativo a pessoas que não tiveram tanto contato com jogos antigos. Com uma jogabilidade criativa, músicas empolgantes e ação frenética, Azure Striker Gunvolt oferece uma experiência bem intensa. Só se preparem para o final, pois a forma como as coisas terminam é um tanto quanto inesperada.
Share on Google Plus
    Blogger Comment

0 Comentários:

Postar um comentário